Fraudscoring e a segurança nas transações online

fraudscoring

Ao mesmo tempo que o e-commerce brasileiro teve um grande impulso na última década e continua superando os números de anos anteriores em compras pela internet, as ações fraudulentas aumentaram de maneira substancial. 

Apenas no 1° trimestre de 2021 houve um crescimento de 83,7% de tentativas de burlar negociações pela internet. Sabemos que com o aumento nas vendas online, o crescimento no faturamento é consequência. E, claro, nenhum e-commerce quer perder essas oportunidades de negócios e a chance de melhores resultados.

Portanto é necessário usar estratégias para conter os fraudadores virtuais. E qual o segredo para atender mais clientes, vender mais e com maior segurança? Além da tecnologia Fingerprint para combater fraudes, é importante para qualquer empresa voltada às vendas online utilizar o recurso do fraudscoring

Entenda, neste post, mais sobre essa tecnologia e como ela pode ser utilizada pela sua empresa.

O que é e como funciona o fraudscoring

Sempre que um potencial cliente surgir com um pedido de compra pela internet, ele vai consequentemente deixar registros. Seja esse consumidor antigo ou novo, será necessário informar dados importantes para poder efetuar a compra. 

A combinação de informações fornecidas pelos usuários é que vai ajudar a abastecer o fraudscoring, para que então ele aja e consiga detectar um cliente verdadeiro – ou um possível fraudador. 

Algumas informações que alimentam o fraudscoring:

  • Nome completo;
  • CPF;
  • Endereço;
  • Telefone,;
  • Meio de pagamento utilizado.

Todas essas informações fornecidas pelo cliente passarão por uma solução tecnológica especializada. E uma análise minuciosa será feita.

Essa tecnologia utiliza filtros que combinados vão gerar um número exclusivo para cada cliente. E será este número que vai estabelecer um padrão para que a empresa vendedora saiba se o seu e-commerce tem em mãos um cliente real e seguro, ou um fraudador.

Usar fraudscoring ou ser a vendinha do bairro? 

É evidente que qualquer varejista voltado às negociações de comércio eletrônico gostaria de aprovar ao máximo todos os pedidos de clientes ou futuros clientes. Isso, no entanto, deve ocorrer com menor índice de chargeback possível e sempre evitando ao máximo os temíveis falsos positivos. Para que tudo isso flua com segurança e rapidez é importante saber gerenciar corretamente o score de fraude.

A utilização do universo virtual para efetuar vendas agilizou vários processos e hoje é possível atingir um número ainda maior de clientes – e quando tudo é feito da maneira correta, a lógica é ampliar consideravelmente o volume de negociações.

Mas antes de vivermos esse momento e nos prepararmos para o futuro, vamos voltar a um passado não tão distante onde as vendinhas de bairro eram muito populares. 

Talvez você tenha vivenciado esse período ou no mínimo conheça alguém que tenha passado por esses tempos. Todos se conheciam, inclusive o histórico da família dos clientes. Era o tempo que a palavra era assegurada pelo ‘fio do bigode’, os comerciantes anotavam tudo em uma caderneta e o fiado era prática comum.

Naquele período todas as vendas eram feitas presencialmente. Quem tivesse crédito poderia comprar na hora e pagar depois. O proprietário utilizava a memória para guardar o histórico dos clientes: endereço, quem era filho de quem, se dava para confiar nessa pessoa. Pelas suas anotações ele sabia quem estava devendo e qual o tamanho do débito. 

Podemos dizer que, do seu jeito, ele elaborava uma espécie de fraudscoring. Mas hoje os tempos mudaram e não dá mais para confiar em alguém sem conhecer essa pessoa.

Como a tecnologia ajuda no fraudscoring

Agora pense na dificuldade que seria para o dono da venda atender dez, cinquenta ou mil clientes todos de uma vez. Verificando todos os dados de cada comprador, buscando as informações na sua memória e anotações na caderneta. 

Neste ponto, a tecnologia vem para automatizar a análise do score de fraude, com vantagens como:

  • Deixar a automação do próprio sistema aprovar ou negar cada compra, sem a necessidade de realizar verificações manualmente. Embora exista a possibilidade de revisar os resultados individualmente;
  • Identificar contas legítimas e fraudulentas, facilitando negociações com bons pagadores e evitando maiores incidências de estorno;
  • O e-commerce pode focar com maior tranquilidade no crescimento da empresa, enquanto gerencia o sistema fraudscoring em segundo plano; 
  • Autenticação dinâmica que permite filtrar informações primárias adicionando nova camada de segurança. Há a possibilidade de, mesmo em casos de riscos em potencial com um novo pedido, acrescentar novos filtros de autenticação impedindo fraudes; 
  • Quando a análise de risco detecta um comportamento adequado conforme as necessidades específicas do seu e-commerce a jornada do cliente pode ser mais tranquila e ágil flexibilizando etapas entre o pedido e o pagamento.

Com o avanço das tecnologias podemos afirmar que os tempos são outros e aquela moda antiga, do fio do bigode, não existe mais. Os hábitos dos consumidores mudaram e as empresas foram adaptando seus modelos de negociação, tornando os números maiores e o ambiente de negócios mais robusto. A cada dia as empresas atendem mais pessoas e com maiores exigências. 

Como se tivéssemos milhares de pequenas vendas de bairro ao nosso redor. Contar com uma tecnologia específica capaz de solucionar esses problemas da vender online é imprescindível. Uma solução que rapidamente analisa bons clientes ou potenciais fraudadores é tão importante quanto o seu próprio produto ou serviço.O fraudscoring é capaz de separar o joio do trigo e rapidamente proporcionar a sua empresa e aos seus bons clientes uma experiência mais segura. Agora você pode escolher entre ser a venda do bairro ou tornar seu negócio uma máquina segura de vendas com a solução da B2e Group

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Outros Posts

B2e Cases – TudoAzul

Hoje, iniciamos nosso novo projeto: O B2e Cases! A B2e Group é responsável pela segurança dos maiores programas de fidelidade do Brasil, protegendo companhias aéreas,

Leia mais »

Nos Envie Uma Mensagem