Como funciona a concessão de crédito?

analise-de-credito

Comprar bens ou produtos para consumo próprio ou para revende-los exige do consumidor e das empresas disponibilidade de capital. Muitas vezes o comprador não tem todo o capital disponível para efetuar a compra, é nesse momento que surge a necessidade de se conceder uma linha de crédito.

As linhas de crédito em suas variadas modalidades fomentam e viabilizam os negócios, movimentando a economia e fortalecendo as relações comerciais entre empresas e seu mercado consumidor.

Portanto analisar crédito tem fundamental importância para mitigar os riscos de inadimplência e viabilizar as vendas com segurança. Esse processo de análise passa por uma série de fatores como veremos na continuação desse artigo.

A análise de crédito

A análise de crédito é uma forma de avaliação para identificar o histórico financeiro do cliente, bem como a capacidade de pagamento e os riscos envolvidos na concessão.

Solicitar ao consumidor informações sobre si e realizar um levantamento de dados em fontes fidedignas é um primeiro passo para avaliar a veracidade do pleito. Esse levantamento, traz ao credor algumas repostas que embasam a decisão sobre a liberação ou não do valor solicitado.

Essa análise tem por objetivo definir a capacidade de pagamento da empresa ou do consumidor, avaliar a idoneidade do tomador e dar segurança ao credor, minimizando assim os riscos de inadimplências e fraudes.

A tecnologia é uma grande aliada nesse processo, sistemas de automatização, bureaus de crédito, big data, business intelligence, modelos estatísticos, são ferramentas que auxiliam nos estudos e agregam velocidade e segurança nas decisões.

Analisando o histórico do cliente

Via de regra teremos 2 canais por onde é possível levantar informações sobre o histórico financeiro do tomador. São elas:

Fontes Internas

Para os clientes que já temos algum relacionamento, sabemos qual é seu comportamento quando armazenamos seu histórico de pagamentos. Rapidamente conseguimos avaliar quais as linhas de crédito estão disponíveis, pontualidade nos pagamentos, valores em atraso, renegociações realizadas, inadimplência que exigiram ações de cobrança e perdas financeiras contabilizadas.

Existem softwares especializados por segmento com a funcionalidade de armazenar informações financeiras e controlar as contas a receber. Essas tecnologias são bastante úteis e de grande auxilio na tomada de decisão de crédito.

Fontes Externas

Quando não conhecemos o tomador é fundamental levantar o histórico de informações sobre ele no mercado.

Podemos utilizar sites públicos de informações, bureaus de crédito, bureaus cadastrais, modelos estatísticos, dentre outras muitas fontes e recursos que variam de acordo com o ticket médio do seu negócio e com o apetite ao risco.

Documentação

Em alguns casos as informações levantadas não oferecem a segurança necessária para uma tomada de decisão consciente. Nesses casos solicitar ao tomador documentos que comprovem a veracidade dos dados ou que tragam mais subsídios são importantes para o processo decisório.

Comprovante de renda e/ou de endereço, documento com foto, contrato social, balanço patrimonial e DRE, são alguns dos documentos que podem trazer informações importantes e estão entre as mais solicitadas pelas instituições.

Reprovação de crédito

Em certos casos dependendo do histórico e do perfil do tomador, bem como do grau de exigência do credor, a concessão do crédito não é realizada.

Essa é uma situação cotidiana que todo credor enfrenta, o desafio aqui está na comunicação da negativa ao cliente, que deve ser realizada de forma educada, preservando o sigilo da informação.

Cada instituição possui sua política de crédito que é o conjunto de regras que direcionam o apetite ao risco. Toda política tem a preocupação de validar o tomador quanto ao registro de inadimplência em órgãos de restrição de crédito, o famoso “nome sujo”.

No Brasil, a oferta de crédito sofre constantes variações, seja porque o país esteja passando por uma crise política ou porque indicadores econômicos revelam eventual crise financeira. Naturalmente, períodos de crise influenciam negativamente à concessão de crédito visto que as empresas se tornam muito mais exigentes na análise de risco de inadimplência.

Automatização de Crédito

Dar velocidade e assertividade nas decisões é ponto fundamental para reduzir os custos com a aquisição de clientes e com processos de BackOffice.

Padronizar a política de crédito, fazendo com que os profissionais sigam a mesma linha de analise e decisão é um ponto que reduz conflitos entre as áreas de vendas e financeira ajudando na manutenção de um clima organizacional saudável.

Ter controle sobre as decisões que estão sendo tomadas, avaliar indicadores, revisitar a política de crédito em períodos de sazonalidade das vendas, são ações fundamentais para um gestor financeiro utilizas a seu favor.

Para que tudo isso seja possível torna-se fundamental uma solução de automatização especializada em processos de análise e concessão de crédito.

Vemos muitas empresas tentando administrar as operações de crédito através de planilhas em excel ou adaptando os sistemas de gestão financeira (ERP’s), para esta finalidade. Nossa experiencia demonstra que esses atalhos ajudam, mas não resolvem os problemas e desafios dos departamentos de crédito. Ampliar as possibilidades é algo que apenas uma solução especializada em crédito pode oferecer.

A B2e Group

Nós, da B2e Group, temos o compromisso, com todos os nossos clientes, de garantir um processo de crédito totalmente integrado.

Oferecemos tecnologia e consultoria na construção de políticas de crédito, seguindo as melhores práticas do mercado. Converse com um dos nossos consultores e se surpreenda com o que nós podemos fazer por você!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Outros Posts

Nos Envie Uma Mensagem