Como surgiu a necessidade de concessão de crédito?

concessão de credito

A concessão de crédito é fruto de uma sucessão de fatores históricos ao longo de vários séculos. Durante a Idade Média, por exemplo, na Europa Central, havia eventualmente a necessidade de trocar ouro por mercadorias diversas. Para que isso ocorresse de forma justa, era necessário que fosse feita uma avaliação técnica e pesagem desse metal. Esse trabalho já era os primeiros ensaios da profissão de banqueiro.

Além do ouro, os banqueiros também lidavam com a troca das diversas moedas europeias antigamente. Faziam o que hoje chamamos de câmbio.  

Posteriormente, esses profissionais passaram a guardar as mais diversas moedas e ouro de terceiros, ou seja, passaram a aceitar o que hoje chamamos de depósito. Para cada depósito efetuado, os banqueiros emitiam uma espécie de atestado ou certificado que era a garantia ou meio de prova do referido valor guardado.

Contudo, sempre havia um saldo positivo entre os valores depositados e retirados. Sempre havia um residual guardado pelo banqueiro. Observando isso, iniciou-se uma tendência na qual os montantes parados eram emprestados a terceiros sob pagamento de juros, ou seja, começaram a praticar a concessão de crédito.

Nos dias de hoje

Hoje em dia, a concessão de crédito ao consumidor acabou se tornando um negócio bastante atrativo, por conta de sua forte lucratividade às instituições financeiras, principalmente quando se trata no financiamento a longo prazo.

Na economia, a concessão de crédito potencializa o aumento nas vendas de produtos e serviços, garantindo assim o fluxo de caixa a longo prazo e auxiliando na elaboração de um planejamento financeiro mais eficiente, sendo utilizadas em empresas em expansão de negócios.

Atualmente, há uma grande campanha das instituições bancárias na concessão de crédito, sendo importante frisar que os bens financiados geralmente são veículos, equipamentos profissionais, vestuário, materiais de construção, eletrônicos e outros bens não perecíveis.

A taxa de juros, em conjunto com impostos relacionados a operações financeiras, é um dos principais encargos do consumidor.

O consumidor que estiver interessado no crédito deve se dirigir ao banco ou lojas que forneçam este tipo de aquisição, deve ter mais de 18 anos ou ser emancipado, possuindo dessa forma, uma conta corrente bancária ou uma poupança. O principal é que o indivíduo tenha condições necessárias de realizar o pagamento em parcelas acertadas ao longo do tempo, visto que o prazo do financiamento pode variar bastante, indo de 3 até o período de 60 meses. Importante salientar que esse prazo está intimamente ligado à finalidade e quantia da concessão de créditos. A capacidade de pagamento do requerente também influencia em tal fator.

Segurança

Muitas vezes, por mais que haja todo um estudo de risco por parte da empresa credora, um devedor pode se tornar insolvente, surgindo a partir de então, a necessidade de renegociação dos termos do empréstimo inicialmente celebrados. Em casos extremos, permanecendo a mora, a empresa credora poderá recorrer à justiça para achar meios que satisfaçam os ônus da concessão de crédito, como por exemplo, penhora de bens imóveis.

Por esse motivo que a análise de crédito se faz tão importante, seja feita de forma automática ou de forma manual, por meio de uma análise subjetiva efetuada por profissionais especializados. Nessa fase, as informações do cliente interessado em adquirir a concessão de crédito serão previamente avaliadas e ponderadas de acordo com a relação do risco e capacidade, ou seja, do endividamento da pessoa ou da empresa em questão que irá conceder o crédito.

A análise de crédito torna sua concessão mais inteligente e efetiva, bem como mais segura ao cliente. Indiretamente, contribui para um maior equilíbrio econômico.

Muitas vezes é possível detectar fraudadores, os quais são eliminados por meio de uma lista de nomes de pessoas inidôneas.

Especificamente no Brasil, a concessão de crédito sofre constantes variações de acordo com o contexto econômico e político vigente, por exemplo, em períodos de crise podem influenciar fortemente a decisão de instituições bancárias de maneira negativa. Dessa forma, as análises focadas numa conjuntura macroeconômica também podem influenciar diretamente na oferta de crédito.

Há também sistemas que mostram o histórico de empréstimos já obtidos, seja por pessoas físicas ou por pessoas jurídicas. O Sistema de Informações de Crédito do Banco Central é um dos mais famosos, pois tem como função armazenar informações a respeito de operações e títulos com características de crédito.

Empréstimos para empresas

Quando se trata da concessão de crédito para as empresas, é necessário realizar uma análise profunda, principalmente quando sua finalidade está focada na expansão de negócios.

A concessão de créditos para pessoas jurídicas é destinada principalmente a empreendimentos que não possuem capital de giro para sua expansão. Sendo que, se a atividade empresarial apresenta um baixo retorno financeiro a curto prazo, os custos para operar um empréstimo podem apresentar valores significativos.

Nesse diapasão, o empresariado sempre deve pôr na balança a taxa de retorno do empréstimo celebrado com seu respectivo custo de captação, ou seja, é de suma importância a análise da probabilidade de sucesso quanto à nova dívida contraída.

A relevância da concessão de crédito tanto para pessoa física como jurídica, é um processo no qual são reunidas todas as informações necessárias e possíveis a respeito de determinada pessoa por meio dela se busca tomar uma decisão a respeito de conceder ou não o limite de crédito. Assim, é importante a empresa estar atenta a atual situação econômica do país bem como ao cliente que necessita previamente da concessão de créditos, levando em conta as informações da política de crédito junto aos dados financeiros bem como o histórico dos clientes, que são utilizadas para identificar qual é o perfil da pessoa mais adequado para formar a carteira da empresa em questão.

Algumas empresas não possuem uma política de requisição de créditos bem definidas. Um programa de requisição de créditos pode evitar problemas econômicos futuros, pois direciona o momento, valor e forma de pagamentos ideal ao empresariado.

Há casos em que o empréstimo pode ser economicamente vantajoso, visto que as mudanças feitas em determinada empresa, a partir da injeção de capital, podem potencializar a lucratividade do respectivo negócio, cobrindo confortavelmente todas as despesas inerentes a tal operação financeira.

B2e Group

Sabendo da importância de uma análise e concessão de crédito de qualidade, a B2e Group oferece soluções que irão automatizar toda a sua decisão de crédito, garantindo a segurança das suas vendas.

Confira nosso Motor de Crédito e Cred Fácil e surpreenda-se com o que podemos fazer pela sua empresa!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Outros Posts

Nos Envie Uma Mensagem