Análise de Balanço Patrimonial – Ativo: o maior consumidor de recursos da empresa

Análise de Balanço Patrimonial  - Ativo: o maior consumidor de recursos da empresa

Análise de Balanço Patrimonial – 0 Ativo não significa apenas os bens e direitos de uma empresa. Aqui estão representados os itens que CONSOMEM recursos da empresa.

MPA Gestão

Entender cada item do balanço é fundamental para a emissão de um  parecer de crédito consistente.

Mas ativo não é uma coisa boa? Sim, claro! Mas cada item que está ali demanda recurso. Até mesmo o caixa – representam recursos da empresa que estão ali, aguardando um destino.

O objetivo desta postagem é contribuir para o melhor entendimento das análises financeiras de balanço, sendo que neste post vamos destacar as contas do Ativo e agregar esta visão mais crítica, vamos dizer assim, dos itens do balanço.

Os passos para efetuar análise de balanço
Análise de Balanço Patrimonial – Esses três passos contribuem em muito para a geração de um parecer técnico de qualidade

Em nossos conteúdos é possível ver a coleção completa de post, que contempla ATIVO, PASSIVO, DRE, o glossário dos indicadores financeiros, com as fórmulas de cálculo de cada indicador, e, por fim, teremos uma 3ª. Parte, com a análise de concessão de crédito, com base em análise de balanço.

http://mpagestao.com.br/wp/nossos-conteudos/

Para ter acesso a tabela de análise de balanço, acesse o link abaixo, ou caso tenha algum problema,  envie-nos uma mensagem informando que você deseja ter acesso a esta tabela que lhe encaminharemos.

http://mpagestao.com.br/wp/planilha-análise-balanço-patrimonial

Essa tabela foi o resultado de “várias tabelas” e evoluiu juntamente com as consultorias da MPA Gestão.

O objetivo é disponibilizar para as pessoas a melhor tabela de análise de balanço do país, por isso, caso você identifique alguma oportunidade de melhoria, envie-nos uma mensagem.

1) Balanço

O balanço é dividido em três partes: Ativo, Passivo e Demonstrações de Resultados.

O Ativo é composto por todos os bens e direitos de uma empresa, e é subdividido também em três partes: Circulante, Longo Prazo e Permanente.

Estas divisões agrupam as contas em ordem crescente do grau de liquidez dos itens nelas registrados.

Desta forma, no ativo circulante estão os itens mais líquidos, ou seja, que podem ser transformados em dinheiro mais rapidamente, e no permanente, aqueles que dificilmente serão transformados em dinheiro.

1.1 Ativo Circulante

Composto pelos itens da empresa de maior liquidez, e que no máximo, se transformarão em dinheiro em um prazo de até 12 meses.

Geralmente este é um item que consta em todos os balanços.

Também podemos encontramos denominações como Disponíveis, Disponibilidades, sempre algo que remeta a valores que estão no caixa ou na conta corrente da empresa e que poderão ser utilizados imediatamente.

Imagine que, se a empresa fechasse as portas, todos os valores registrados neste grupo seriam transformados em dinheiro em até um ano.

Principais contas:

Caixa e Aplicações Financeiras => Geralmente este é um item que consta em todos os balanços. Também podemos encontrar denominações como Disponível, Bancos, sempre algo que remeta a recursos que estão disponíveis para utilização.

Clientes => Esta conta pode ter diversas nomenclaturas, dentre elas “Contas a Receber”, “Duplicatas a Receber”, “Títulos a Receber”.

O importante é que representa todos os valores que foram faturados e ainda não foram recebidos.

Quando uma empresa efetua uma venda à vista, este valor entra imediatamente no seu caixa, porém, quando esta venda é efetuada a prazo, esta venda é registrada nesta conta.

Apenas para conhecimento adicional, o lançamento contábil neste caso seria:

D – Cliente
C – Vendas ou Faturamento

Esta conta é uma das principais utilizada na análise financeira, pois fornece uma referência sobre a performance de vendas, ou seja, sobre a inadimplência da empresa.

Quando se vende e não se recebe, os valores se acumulam nesta conta, e esse é um aspecto que aumenta o risco da empresa que se está analisando.

Vários indicadores são efetuados com base nesta conta.

Mais adiante citaremos estes indicadores, mas como destaque podemos informar o cálculo do Prazo Médio do Recebimento.

Se a empresa informa que o prazo médio de recebimento é de 30 dias (ou seja, o prazo médio que esta empresa concede aos seus clientes no momento da venda), e o saldo de contas a receber ao final de cada período excede em muito a média de 30 dias de faturamento, tudo indica que esta empresa está tendo problemas em seu recebimento e que, portanto, seus títulos não estão sendo pagos na data de vencimento.

As empresas maiores geralmente possuem regras de Provisionamento para Devedores Duvidosos, e, periodicamente (de acordo com sua política interna e regras contábeis), efetua ajustes nesta conta, reconhecendo em seu balanço que parte dos valores não serão de fato recebidos, justamente para não impactar o indicador de prazo médio de recebimento.

Estoques => são os produtos prontos ou matérias primas que a companhia possui para vender aos seus clientes. Este estoque pode estar subdividido em diversas fases da linha de produção, dependendo do tipo de empresa que se está analisando.

Nem todas as companhias possuem estoques, principalmente se estiverem envolvidas no setor de serviços.

Assim como ocorre com a conta de Clientes, existem indicadores diretamente relacionados à posição de Estoques, sendo o principal objetivo identificar em quanto tempo a empresa gira o estoque.

Através deste indicador podemos identificar se existe muito estoque armazenado, o que representaria um problema, por este motivo, os indicadores sobre a capacidade de pagamento de uma empresa são efetuados com e sem os estoques.

As tendências atuais de gestão recomendam trabalhar com o menor número possível de estoque, pois estoque é sinônimo de custo, assim, uma empresa que opera com baixo nível de estoque em princípio, teria maior eficiência financeira e operacional.

Eventualmente uma empresa pode apresentar volumes elevados de estoque, caso sua atividade seja sazonal ou esta empresa tenha se aproveitado de alguma situação específica de mercado, como por exemplo, a queda do dólar (caso compre seus produtos no mercado exterior) ou uma eventual super safra.

Outros => existem outras contas que podem constar no balanço, como exemplo:

a) Despesas Antecipadas – que são as faturas que a empresa já pagou a seus fornecedores;

b) Crédito junto a Coligadas – eventualmente a empresa possui outras coligadas do grupo, para as quais foram repassados recursos.

Geralmente estes valores não deverão ser relevantes.

Caso se apresentem de forma relevante, é importante avaliar esta outra empresa do grupo).

1.2. Ativo De Longo Prazo

Geralmente os valores neste grupo não são relevantes, sendo as contas mais comuns: a) valores a receber de empresas do grupo e b) depósitos judiciais.

O item relacionado a transações entre empresas do grupo foram descritos acima.

Quanto aos depósitos judiciais representam valores referentes a eventuais processos – trabalhistas ou de qualquer natureza, cujos valores foram depositados em contas específicas.

1.3 Ativo Permanente

Representam os imóveis, veículos, valores de marcas e patentes, que não são passíveis de serem vendidos ou transformados em dinheiro no curto e médio prazo.

Um ativo permanente de valor relevante demonstra solidez por parte da empresa, que investiu em sua atividade, porém, será importante verificar como a empresa financiou estes bens.

Preferencialmente o financiamento deve ter ocorrido com recursos próprios ou com financiamento também de longo prazo.

Trata-se de um problema, quando se identifica que a empresa utiliza (ou) recurso de curto prazo para financiar estes itens. Indicadores de liquidez conseguem justamente identificar essa situação.

Todos os itens do permanente estão sujeitos a perda de valor ao longo do tempo.

Esta perda é contabilizada ano a ano, em linha com o prazo de vida útil estimado para cada item, através do registro da depreciação.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *