5 principais tipos de fraude em compras online – Por Thiago Fernandes

As compras pela Internet são extremamente atrativas pela comodidade que permite ao usuário, e pela quantidade de opções de produtos, serviços e lojas disponíveis. Prático, simples e fácil, né? De acordo com um estudo da EMarketer, os comércios eletrônicos (em escala global) terão vendas excedidas em US$ 4 trilhões até 2020! E, em 2017, já atingiam US$ 2,3 trilhões.

Mas… junto com todo esse crescimento de vendas e consumidores, também há o crescimento de fraudadores que capturam informações privadas – como dados pessoais de cadastro e do cartão de crédito – para realizar transações que não são legítimas. Segundo o Serasa Experian, acontece uma tentativa a cada 16,8 segundos!

Com isso, usuários podem ser prejudicados por terem transações feitas em seus nomes, causando uma má experiência – e bastante dor de cabeça! Entretanto, as lojas virtuais sofrem ainda mais com as consequências das fraudes, uma vez que isso enfraquece o negócio, diminuindo os resultados por conta do chargeback (quando a administradora do cartão cancela uma compra não reconhecida pelo titular, direcionando o prejuízo ao dono do comércio).

Quais são os principais tipos de fraude em compras online?

É importante, portanto, estar ciente de quais são as principais fraudes que ocorrem em compras online. Sabendo isso, é possível se preparar e se prevenir contra tentativas. Confira 5 delas:

Fraude efetiva ou deliberada

Esse tipo ocorre principalmente em sites com dados roubados e, geralmente, é organizado por pessoas que já tem experiência em fraudes. O nome e um cartão de crédito de um indivíduo é utilizado sem o seu consentimento, o que, mais tarde, tem como consequência o chargeback. Entretanto, o pedido é entregue no endereço do fraudador, e o comércio fica com o prejuízo financeiro.

Autofraude

Neste caso, a fraude ocorre pelo próprio titular do cartão. Ele comprou algo e se esqueceu depois? Na verdade, não. Após efetuar uma compra e receber o produto, ele contata a administradora alegando, propositalmente, que não reconhece esse valor para poder receber o estorno.

Fraude amigável

Pode acontecer de o indivíduo ter seu cartão utilizado por um conhecido, sem o seu consentimento! Portanto, o titular não reconhece a compra, causando prejuízo para o negócio.

Fraude de controle de conta

Este tipo ocorre quando o fraudador obtém os dados bancários ou do cartão de crédito de uma pessoa através da violação de dados, phishing (estratégia de atrair usuários para sites falsos para obter informações) ou malware (programas maliciosos). Com isso, ele realiza transações não legítimas.

Botnets

Os botnets, na verdade, são uma rede de computadores infectados com malwares. Eles são controlados e acessados pelos criminosos sem o conhecimento/consentimento dos seus proprietários com o intuito de roubo de informações.

Como o consumidor pode se proteger das fraudes em compras online?

Grande parte dos problemas em compras são em sites desconhecidos. Informe-se antes de fazer uma compra! Busque pela reputação do site na Internet, veja no Reclame Aqui e oriente-se com o Procon. Você também pode analisar as redes sociais para ver os comentários, ou ver se algo parece suspeito – há perfis ativos? Analise com calma!

Como o e-commerce pode se proteger das fraudes em compras online?

Para diminuir essas ocorrências e os prejuízos causados pelas consequências de fraude, há algumas providências que podem ser tomadas pelos e-commerces. Confira algumas delas:

  • Certificado Digital: sites confiáveis possuem o SSL (aquele cadeado que aparece em domínios com “https://”. Isso garante que o site é confiável e tem credibilidade por meio de criptografia (que protege informações e dados dos usuários contra fraudadores, por exemplo).
  • Intermediários: como a fraude está relacionada ao momento do pagamento, é importante verificar com o meio de pagamento do e-commerce, como os gateways, se possuem ferramentas de gestão de risco que protejam os dados dos usuários.
  • Sistemas Antifraude: através de tecnologias, como Machine Learning, reconhecimento de fingerprint, biometria, e análise de comportamento de navegação, esses sistemas analisam a compra de forma automatizada e evitam fraudes na hora do cadastro e da compra.

Você sabia que a B2e Group é uma empresa especializada em antifraude? Para conhecer melhor nossas soluções, você pode entrar no nosso site (www.b2egroup.com.br) ou ligar para nós: 3107-5100.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Outros Posts

Nos Envie Uma Mensagem