O que são os Gateways de pagamento e como contribuem para seu site

Independente do tipo de site que você tem, se é uma loja virtual, pergunte-se: estou satisfeito com o meu sistema de pagamento? As taxas são muito altas? O suporte é ruim? Quantas vendas eu perco por isso?

Ter uma boa opção de pagamento (ou mais de uma) é ótimo, uma vez que aumenta suas chances de venda e de crescimento do seu negócio também!

Existem dois sistemas de pagamento num e-commerce: os gateways e os intermediários. Neste artigo, vamos focar nos gateways.

Afinal, o que são gateways?

Os gateway são plataformas instaladas em um e-commerce, em um servidor remoto, que são gerenciadas por operadoras financeiras com o intuito de armazenar dados do cliente e o número de cartão utilizado na loja virtual.

Dessa forma, clientes, comerciantes e bancos mantêm uma interface de comunicação por meio dos gateways. A forma de comunicação da loja virtual com o gateway ocorre através de um webservice que é disponibilizado como APIs.

Eles funcionam, basicamente, como terminais de cartão de crédito (tipo os de loja tradicional de varejo).

H2: Quais são os benefícios e vantagens dos gateways?

1- Os pagamentos são realizados diretamente na conta dos lojistas

Os donos da loja virtual conseguem construir um histórico de relacionamento com os bancos, uma vez que as transações são feitas diretamente entre eles.

2- Checkout transparente

Ao contrário do que acontece com diversas outras plataformas, o gateway não direciona para outra janela (fora do ambiente do seu site) o usuário que está efetuando uma compra dentro da loja virtual.

3- Integração simples com diferentes sistemas

É possível implantar os meios de pagamento em (quase) qualquer tipo de sistema – como, por exemplo, sistemas antifraude – e ainda fazer uma única integração com o gateway, em vez de precisar realizar diversas integrações complexas com cada operadora e banco.

4- Variedade de pagamento e recursos avançados

Com isso, é possível oferecer diversas formas de pagamento, incluindo: compra recorrente, estorno, compra com um clique , pagamento com dois cartões, conciliação financeira etc.

5- Painel e relatórios

A maioria deles permite configurar os diversos meios de pagamento em um único painel administrativo, de modo a facilitar o gerenciamento. Além disso, também é possível a criação de relatórios financeiros.

H2: Quais são as desvantagens dos gateways?

(Como eles NÃO ajudam na sua loja virtual)

1- Convênios com operadoras e bancos

Para utilizar um gateway em um e-commerce, é preciso firmar um convênio da loja virtual com as operadoras e bancos. Esse processo é feito diretamente de um com outro, e pode levar de 30 a 60 dias. Além disso, a ativação/homologação também pode demorar mais 1 ou 2 semanas adicionais.

2- Controle e prevenção à fraudes

Não é papel do gateway proteger a loja virtual contra fraudes. Isso é responsabilidade da gestão de risco de encontrar uma solução adequada, como softwares/ferramentas especializadas no assunto.

Você sabia que a B2e Group é especializada em prevenção à fraudes e pode oferecer uma plataforma para garantir que sua loja virtual esteja segura? Solicite um orçamento em nosso site na nossa página de soluções Antifraude!

Acesse: https://b2egroup.com.br/pb/prevencao-a-fraude/


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Outros Posts

B2e Cases – TudoAzul

Hoje, iniciamos nosso novo projeto: O B2e Cases! A B2e Group é responsável pela segurança dos maiores programas de fidelidade do Brasil, protegendo companhias aéreas,

Leia mais »

Nos Envie Uma Mensagem