Regiões do Brasil com maiores índices de fraudes online.

Sabemos que pessoas mal intencionadas existem em todos os cantos do mundo. E saber onde existe uma maior concentração de quem tenta fraudar vendas nos ajuda a aumentar e priorizar a prevenção, tentando evitar com que sejamos mais uma vítima desse tipo de golpe. Dito isso, podemos começar a analisar um “mapa” de fraudes, para entender quais são as regiõe mais perigosas nesse setor.

O Norte foi a região com maior registro de tentativas de fraude. De todos os produtos colocados a à venda em sites, 8% foi identificado como um produto fraudulento. Logo em seguida temos o Nordeste, tendo um total de quase 5% de produtos fraudulentos. Por fim, a terceira região com maior média foi o Centro-Oeste, com 4,51%. As três regiões ficam bastante distantes, de forma negativa, da média nacional, que fechou em 3,42%. Isso mostra que todas elas precisam buscar soluções para proteger seus habitantes dos perigos da compra on line, oferecendo algo como uma educação financeira em relação ao uso de cartões de crédito e como proteger seus dados, pois não é difícil realizar uma fraude em compra on line, visto que só é preciso ter os dados do cartão, não sendo necessária a senha ou a posse física.

Itens mais fraudados

Os itens mais visados pelos fraudadores como armas para chamar a atenção dos clientes e aplicar seus golpes são alguns dos mais comuns em venda online: Celulares, tendo uma quantidade de 9 a cada 100 produtos sendo tentativas de fraude. Em segundo lugar, temos os jogos e videogames, artigos que são, também, muito comuns de se encontrar em venda online. E apesar de serem artigos comuns de se comprar na internet, não podemos simplesmente confiar em qualquer site e qualquer promoção que vemos na nossa frente, principalmente se forem muito agressivas e fora de um período que faça sentido uma promoção dessas (por exemplo, o período de Black Friday). O recomendado é a compra em sites de confiança, que já sejam conhecidos e utilizados por bastante gente ou que sejam o e-commerce de uma loja física de confiança (por exemplo, a Saraiva, que vende seus artigos em lojas virtuais e em seus pontos físicos). Comprar em uma loja que seja desconhecida e que ofereça, por exemplo, uma promoção de 40% de desconto em uma época em que esse desconto não faça sentido, com certeza deve ser investigada e retirada das suas opções, porque a chance de ser uma tentativa de fraude é bem grande. Existe uma grande quantidade de lojas no mercado virtual que são de confiança, e grupo que podem sugerir e orientar os melhores locais e modelos de compras de artigos como esses. Outro métodos de segurança é verificar se o meio de pagamento é conhecido, e quais as opções possíveis. Lojas em que você só pode realizar pagamento por depósito bancário, por exemplo, não deve ser considerado, assim como as que aceitam apenas boletos. Esses meios de pagamento são os que você pode não conseguir um estorno depois, diferente das operadoras de cartão, que já oferecem essa possibilidade.

Fontes: https://oglobo.globo.com/economia/olho-vivo-no-commerce-cada-minuto-sao-36-mil-em-fraudes-19391271 e http://www.orm.com.br/noticias/para/MTkzOTE=/Nortistas-estao-mais-sujeitos-a-fraudes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Outros Posts

B2e Cases – TudoAzul

Hoje, iniciamos nosso novo projeto: O B2e Cases! A B2e Group é responsável pela segurança dos maiores programas de fidelidade do Brasil, protegendo companhias aéreas,

Leia mais »

Nos Envie Uma Mensagem