A concessão de crédito para os sobrenaturais

Por: Renato Magalhães – Diretor Comercial na B2e Group.

A forma como vemos o mundo e fazemos as coisas está em constante mudança, é impressionante como vivemos nossas vidas atualmente se compararmos como vivíamos por exemplo 30 anos atrás.

Na ciência descobrimos a cura de doenças, medicamentos revolucionários, tratamentos alternativos de toda ordem proporcionando um aumento considerável em nossa expectativa de vida. Essas descobertas nos trouxeram longevidade com qualidade de vida. Nossos sonhos estão se tornando realidade.

Na tecnologia realizamos descobertas de toda ordem, hoje o mundo é totalmente conectado, somos seres-humanos on-line. E nossos filhos ? Já nascem sabendo “fuçar” em tablets, celulares, vídeo games, aplicativos, parece que eles vem com um chip conectado com tudo o que é novo, e o mais assustador é que para eles é tudo muito natural, apesar de para nós parecer sobrenatural.

O leitor deve estar se perguntando, o que a concessão de crédito tem a ver com isso ?

Hoje boa parte desses seres conectados estão revestidos na forma de crianças, nossas crianças. Mas amanhã serão nossos consumidores, clientes, parceiros, fornecedores, governantes, enfim…. Nossas empresas estão preparadas para receber esses “seres sobrenaturais” e se relacionar com eles ? Como vamos atrair esses novos consumidores ? Como vamos conceder crédito para esse pessoal ?

Processos manuais, manuseio excessivo de papel, elevados custos operacionais, sistemas complexos inflexíveis e sem integração com os demais, exigência da apresentação de documentos, comprovantes de renda, residência, carteira de trabalho, elaboração de políticas de crédito baseadas exclusivamente na restrição, tem nome sujo “reprova” não tem “aprova” ……. Esse conjunto de coisas somadas entregam como resultado ao consumidor final um processo demorado, ineficiente, custoso e burocrático. Atualmente o objetivo principal das empresas deve ou deveria ser lutar contra esses cenário.

Busca incessante por eficiência, automatização, desburocratização, flexibilidade, devem fazer parte das rotinas das empresas, se não é possível em tudo, ao menos em boa parte dos nossos processos.

A área de crédito está diretamente envolvida nas rotinas que podem ser automatizadas, a concessão de crédito é uma ferramenta muito poderosa na alavancagem das vendas, fidelização dos clientes e geração de resultados. Para atingir esses objetivos de forma eficiente, seguro e conectado com esses novos consumidores – “os sobrenaturais” é preciso investir em melhoria, é preciso estar na web, é preciso trabalhar de forma inteligente as muitas fontes de informações disponíveis, é preciso trabalhar modelos estatísticos customizados, é preciso ter processos de prevenção a fraudes mais robustos e inovadores, enfim é preciso buscar novas formas de conceder crédito através de sistemas flexíveis e amigáveis que permitam o processamento de políticas de crédito diversas e de acordo com a necessidade dos seus clientes. E o melhor é saber que hoje podemos encontrar parceiros que proporcionem tudo isso, e que tenham um perfil consultivo agregando conhecimento ao seu negócio, ofertando uma proposta de valor que vai além do fornecimento de tecnologia.

Cada vez mais os “novos consumidores” realizam estudos, pesquisa, comparações, compras e empréstimos on-line, incluindo empresas e seus profissionais. E olha que os sobrenaturais estão apenas chegando ao mercado. Institucionalizar relações transparentes e verdadeiras é uma necessidade, não apenas para conquistar esse novo consumidor mas principalmente para fideliza-lo. Isso é uma questão de sobrevivência para as empresas que irão participar do mercado nos próximos 30 anos![:en]Por: Renato Magalhães – Diretor Comercial na B2e Group.

A forma como vemos o mundo e fazemos as coisas está em constante mudança, é impressionante como vivemos nossas vidas atualmente se compararmos como vivíamos por exemplo 30 anos atrás.

Na ciência descobrimos a cura de doenças, medicamentos revolucionários, tratamentos alternativos de toda ordem proporcionando um aumento considerável em nossa expectativa de vida. Essas descobertas nos trouxeram longevidade com qualidade de vida. Nossos sonhos estão se tornando realidade.

Na tecnologia realizamos descobertas de toda ordem, hoje o mundo é totalmente conectado, somos seres-humanos on-line. E nossos filhos ? Já nascem sabendo “fuçar” em tablets, celulares, vídeo games, aplicativos, parece que eles vem com um chip conectado com tudo o que é novo, e o mais assustador é que para eles é tudo muito natural, apesar de para nós parecer sobrenatural.

O leitor deve estar se perguntando, o que a concessão de crédito tem a ver com isso ?

Hoje boa parte desses seres conectados estão revestidos na forma de crianças, nossas crianças. Mas amanhã serão nossos consumidores, clientes, parceiros, fornecedores, governantes, enfim…. Nossas empresas estão preparadas para receber esses “seres sobrenaturais” e se relacionar com eles ? Como vamos atrair esses novos consumidores ? Como vamos conceder crédito para esse pessoal ?

Processos manuais, manuseio excessivo de papel, elevados custos operacionais, sistemas complexos inflexíveis e sem integração com os demais, exigência da apresentação de documentos, comprovantes de renda, residência, carteira de trabalho, elaboração de políticas de crédito baseadas exclusivamente na restrição, tem nome sujo “reprova” não tem “aprova” ……. Esse conjunto de coisas somadas entregam como resultado ao consumidor final um processo demorado, ineficiente, custoso e burocrático. Atualmente o objetivo principal das empresas deve ou deveria ser lutar contra esses cenário.

Busca incessante por eficiência, automatização, desburocratização, flexibilidade, devem fazer parte das rotinas das empresas, se não é possível em tudo, ao menos em boa parte dos nossos processos.

A área de crédito está diretamente envolvida nas rotinas que podem ser automatizadas, a concessão de crédito é uma ferramenta muito poderosa na alavancagem das vendas, fidelização dos clientes e geração de resultados. Para atingir esses objetivos de forma eficiente, seguro e conectado com esses novos consumidores – “os sobrenaturais” é preciso investir em melhoria, é preciso estar na web, é preciso trabalhar de forma inteligente as muitas fontes de informações disponíveis, é preciso trabalhar modelos estatísticos customizados, é preciso ter processos de prevenção a fraudes mais robustos e inovadores, enfim é preciso buscar novas formas de conceder crédito através de sistemas flexíveis e amigáveis que permitam o processamento de políticas de crédito diversas e de acordo com a necessidade dos seus clientes. E o melhor é saber que hoje podemos encontrar parceiros que proporcionem tudo isso, e que tenham um perfil consultivo agregando conhecimento ao seu negócio, ofertando uma proposta de valor que vai além do fornecimento de tecnologia.

Cada vez mais os “novos consumidores” realizam estudos, pesquisa, comparações, compras e empréstimos on-line, incluindo empresas e seus profissionais. E olha que os sobrenaturais estão apenas chegando ao mercado. Institucionalizar relações transparentes e verdadeiras é uma necessidade, não apenas para conquistar esse novo consumidor mas principalmente para fideliza-lo. Isso é uma questão de sobrevivência para as empresas que irão participar do mercado nos próximos 30 anos!
[:es]Por: Renato Magalhães – Diretor Comercial na B2e Group.

A forma como vemos o mundo e fazemos as coisas está em constante mudança, é impressionante como vivemos nossas vidas atualmente se compararmos como vivíamos por exemplo 30 anos atrás.

Na ciência descobrimos a cura de doenças, medicamentos revolucionários, tratamentos alternativos de toda ordem proporcionando um aumento considerável em nossa expectativa de vida. Essas descobertas nos trouxeram longevidade com qualidade de vida. Nossos sonhos estão se tornando realidade.

Na tecnologia realizamos descobertas de toda ordem, hoje o mundo é totalmente conectado, somos seres-humanos on-line. E nossos filhos ? Já nascem sabendo “fuçar” em tablets, celulares, vídeo games, aplicativos, parece que eles vem com um chip conectado com tudo o que é novo, e o mais assustador é que para eles é tudo muito natural, apesar de para nós parecer sobrenatural.

O leitor deve estar se perguntando, o que a concessão de crédito tem a ver com isso ?

Hoje boa parte desses seres conectados estão revestidos na forma de crianças, nossas crianças. Mas amanhã serão nossos consumidores, clientes, parceiros, fornecedores, governantes, enfim…. Nossas empresas estão preparadas para receber esses “seres sobrenaturais” e se relacionar com eles ? Como vamos atrair esses novos consumidores ? Como vamos conceder crédito para esse pessoal ?

Processos manuais, manuseio excessivo de papel, elevados custos operacionais, sistemas complexos inflexíveis e sem integração com os demais, exigência da apresentação de documentos, comprovantes de renda, residência, carteira de trabalho, elaboração de políticas de crédito baseadas exclusivamente na restrição, tem nome sujo “reprova” não tem “aprova” ……. Esse conjunto de coisas somadas entregam como resultado ao consumidor final um processo demorado, ineficiente, custoso e burocrático. Atualmente o objetivo principal das empresas deve ou deveria ser lutar contra esses cenário.

Busca incessante por eficiência, automatização, desburocratização, flexibilidade, devem fazer parte das rotinas das empresas, se não é possível em tudo, ao menos em boa parte dos nossos processos.

A área de crédito está diretamente envolvida nas rotinas que podem ser automatizadas, a concessão de crédito é uma ferramenta muito poderosa na alavancagem das vendas, fidelização dos clientes e geração de resultados. Para atingir esses objetivos de forma eficiente, seguro e conectado com esses novos consumidores – “os sobrenaturais” é preciso investir em melhoria, é preciso estar na web, é preciso trabalhar de forma inteligente as muitas fontes de informações disponíveis, é preciso trabalhar modelos estatísticos customizados, é preciso ter processos de prevenção a fraudes mais robustos e inovadores, enfim é preciso buscar novas formas de conceder crédito através de sistemas flexíveis e amigáveis que permitam o processamento de políticas de crédito diversas e de acordo com a necessidade dos seus clientes. E o melhor é saber que hoje podemos encontrar parceiros que proporcionem tudo isso, e que tenham um perfil consultivo agregando conhecimento ao seu negócio, ofertando uma proposta de valor que vai além do fornecimento de tecnologia.

Cada vez mais os “novos consumidores” realizam estudos, pesquisa, comparações, compras e empréstimos on-line, incluindo empresas e seus profissionais. E olha que os sobrenaturais estão apenas chegando ao mercado. Institucionalizar relações transparentes e verdadeiras é uma necessidade, não apenas para conquistar esse novo consumidor mas principalmente para fideliza-lo. Isso é uma questão de sobrevivência para as empresas que irão participar do mercado nos próximos 30 anos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe:

Outros Posts

Pedidos rejeitados indevidamente

Pedidos rejeitados indevidamente são aqueles cujo cliente, que teve o pedido rejeitado, mantem histórico positivo no mercado após ter sido rejeitado em sua empresa. Frequentemente

Leia mais »
Onde Estamos

Alameda Rio Negro, 500 – Torre B 17o Andar Alphaville Industrial
Barueri, SP – CEP: 06454-000

B2E SISTEMAS LTDA
CNPJ: 14.570.225/0001-98

@Copyright B2e Group – 2022