Como não ser alvo de Fraude no E-Commerce?

download (3)

 

Vimos que tivemos uma redução nas tentativas de fraude no E-Commerce. Muito disso vem da confiança do próprio usuário em comprar nas lojas virtuais, o que aumenta também a quantidade de pedidos recebidos pelas lojas do setor.

O e-consumidor também tem um conhecimento maior sobre as soluções antifraude, de que forma as mesmas podem lhe ajudar, sabem que em  caso de ser vítima de fraude, pode ter  seu dinheiro devolvido, etc. Isso tudo para que tenha uma boa experiência nas compras no E-Commerce.

 

Apesar de todo esse conhecimento, da sensação de segurança, da transparência ditadas hoje por maior parte das lojas virtuais, pela fácil comunicação em resolver um problema, etc, é muito importante ficar atento com algumas situações, que na maioria das vezes passa desapercebido e que no fim das contas, você acaba caindo na mão de um fraudador sem que tenha tido a menor percepção do ocorrido.

É válido ficar esperto com as  seguintes dicas:

 

  • Fique atento com recebimentos de e-mails, que não se recorda que tenha dado autorização para recebê-lo. Preste atenção nas promoções que lhe são enviadas, fazendo uma pesquisa no mundo online para se certificar que não estão fazendo milagres e você caindo em um golpe;
  • Procure a loja virtual na internet. Verifique se a mesma esta no Facebook, Linkedin, Google Plus, Twitter, etc. Veja o que dizem dela e desconfie caso trata-se de apenas uma página que foi feita, e depois esquecida;
  • Uma outra boa alternativa é entrar no ” Reclame Aqui “. Avaliei se a loja possui alguma ocorrência, e o mais importante – Veja qual a natureza dela  e de que forma (e se) foi resolvido;
  • Fique atento as formas de pagamento aceitas por esse E-Commerce. Desconfie se limitam-se a receber via boleto bancário e/ou transferência bancária;
  • Uma boa dica também é analisar se a loja possui Google Business. Essa informação fica no canto superior direito, onde geralmente constam informações extremamente relevantes como: Telefone, e-mail, horários de funcionamento, opiniões de quem já teve alguma experiência com a loja, imagens do interior e exterior da mesma, localização, etc. O fato de ser um E-Commerce e de teoricamente  não ter um ponto físico, não significa que ela não pode ter o Google Business, muito pelo contrário! Hoje empresas sérias utilizam cada vez mais esse recurso e,
  • Observe no endereço da loja virtual, se aparece como ” https “. Esse é um ótimo indicador que a loja se preocupa com a segurança de seu usuário.

Aqui foram apenas alguns exemplos do que pode ser feito, para que não seja vítima de fraude online. É claro que as lojas sérias também se preocupam com seu cliente, fazendo toda uma gestão antifraude das compras virtuais para que passem por um processo para inibir a ação desses criminosos, e assim protegendo os dados da pessoa idônea.

De qualquer forma, não custa nada que também façamos a nossa parte!

Boas compras!

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Outros Posts

B2e Cases – TudoAzul

Hoje, iniciamos nosso novo projeto: O B2e Cases! A B2e Group é responsável pela segurança dos maiores programas de fidelidade do Brasil, protegendo companhias aéreas,

Leia mais »

Nos Envie Uma Mensagem