Qual o perfil do fraudador no E-Commerce?

images (2)

Quando falamos das fraudes que acontecem no E-Commerce, muitas vezes queremos traçar o perfil do fraudador, assim como fazemos com as pessoas  em nossa volta, nos diferentes acontecimentos do dia a dia. Por se tratar de um crime, a importância de entender o comportamento do criminoso por trás do computador, é de extrema importância para que possa se precaver de alguma forma.

Posso dizer que o maior aprendizado pra mim dentro do mundo do E-Commerce, foi ter sido analista antifraude de compras virtuais. Conversei com os mais diversos tipos de fraudadores – desde aquele que gagueja e é inseguro, até aquele que confirmava tudo mesmo sem ter qualquer tipo de vínculo com a vítima.

Trabalhei analisando pedidos para uma empresa de telefonia móvel, hoje em segundo lugar no ranking com maior ataque de fraudadores, mas na minha época ela chegou a ser primeira! A esse cliente em específico tínhamos que ligar para todos os pedidos, salvo aqueles que já tínhamos a confirmação em nosso Banco de Dados como fraude confirmada. Mas era exatamente para esses pedidos que eu gostava de ligar, mesmo não precisando! Era onde eu efetivamente aprendia como um fraudador se portava, e não me limitar apenas o que o sistema me dizia, afinal o criminoso poderia me dar insigths para meu aprendizado no mundo do crime virtual.

Em diversas ligações conversei com mulher fazendo voz de homem, homem com voz de mulher dizendo que estava  rouca , jovens com voz de idosos, tosses seguidos de “ repete por favor “, barulhos de papéis para fazer confirmação de dados, interrupção da ligação propositalmente, etc. Tinha aquele também que sabia exatamente tudo e que conseguia pegá-lo com perguntas fechadas. Nesse tempo em que fiquei como analista, pude traçar o comportamento dos fraudadores, fazendo com que minhas análises tornavam-se ainda mais assertivas, pois empregava esse conhecimento nos demais pedidos. Sim! Foram os fraudadores que me ensinaram!

Uma coisa pra mim é bem claro, saber como um fraudador pensa e age foi minha maior escola. No ato da ligação já conseguia pegá-lo no detalhe, seu feeling aumenta muito, seu critério de análise mais assertivo evitando assim erros que poderiam ter sido evitados, se não tivesse tido a vivência de conversar com cada um deles. Claro que isso é uma opinião pessoal, mas que fez uma enorme diferença ao analisar pedidos com risco a fraudes tão grandes.

O fraudador no E-Commerce é um criminoso como outro qualquer, mas o fato de não conseguirmos vê-lo, torna o trabalho ainda mais investigativo. Hoje cada vez mais as máquinas estão fazendo trabalho das pessoas, mas me sinto privilegiado em ter feito analises de risco e conhecer os mais diferentes tipos de fraudadores.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Outros Posts

B2e Cases – TudoAzul

Hoje, iniciamos nosso novo projeto: O B2e Cases! A B2e Group é responsável pela segurança dos maiores programas de fidelidade do Brasil, protegendo companhias aéreas,

Leia mais »

Nos Envie Uma Mensagem